“Continuo buscando, re-procurando. Ensino porque busco, porque indaguei, porque indago e me indago. Pesquiso para conhecer o que ainda não conheço e comunicar e anunciar a novidade”.

Paulo Freire


quarta-feira, 12 de março de 2014

Gênero literário estimula o raciocínio, abstração e interpretação de forma divertida: textos em quadrinhos

chico

 

       Possenti (2002) define a piada “ um texto que parece falar de uma coisa, mas que fala de outra, ou melhor, fala das duas, colocando ora uma ora outra em primeiro plano” é como Possenti  define a piada como gênero literário em sua obra: “Os humores da língua: análise linguística de piadas”. Campinas-  Mercado de Letras, 2002. .

     A piada é um texto que contem palavras ou expressões com duplo sentido  que para ser compreendido provoca  o raciocínio envolvendo situações semelhantes com fins de ser obtido o sentido relevante que foi usado propositadamente para gerar risos.

monica

      As histórias em quadrinhos, assim como as tirinhas, são definidas  por uma forma de comunicação visual impressa que se soma a elementos verbais para compor uma narrativa. Pode ser publicada de diversas maneiras, entre elas em formato de tiras, como vemos diariamente nos cadernos de cultura dos principais jornais do país e em revistas em quadrinhos com a conotação cômica.

Atividades que podem ser adequadas do 3º ao 5º ano – Ensino Fundamental

        Após o professor deixar que os alunos leiam e percebam o duplo sentido de palavras e expressões com a finalidade de fazer rir quem está lendo, o primeiro texto ou a primeira tirinha, deve ser trabalhada em partes para aqueles alunos que, a princípio, não percebem a intenção do texto. Uma forma de deixá-los atentos para essa possibilidade que alguns textos apresentam que é fazer rir. (estimulação do raciocínio e interpretação de textos).

        Assim que  a turma dominar a interpretação de textos de quadrinhos de piadas o professor pode desenvolver atividades como:

1.Criar os próprios quadrinhos com textos com conotação cômica;

ch

2.Correção de erros ortográficos, de acordo com a escrita convencional, em quadrinhos do Chico Bento, deixando bem explicado que é uma linguagem aceita por ser uma linguagem popular (A linguagem coloquial, informal ou popular é uma linguagem utilizada no cotidiano em que não exige a atenção total da gramática, de modo que haja mais fluidez na comunicação oral. Na linguagem informal usam-se muitas gírias e palavras que na linguagem formal não estão registradas ou tem outro significado. Em contrapartida a linguagem formal ou culta é aquela que carrega consigo a rigidez das normas gramaticais, utilizada principalmente em textos e profissões que a exigem como no Direito, Letras e História.)

3.Pontuação: transcrever o diálogo usando a pontuação: travessão, dois pontos, ponto final, interrogação e exclamação.

4.Representação dos personagens dos quadrinhos para estimular a oralidade com  os gestos e as entonações de voz características dos personagens do quadrinho escolhido.

5 . Conteúdos do currículo e necessidades da turma em língua portuguesa.

Veja neste link atividades diferentes usadas pelo professor com textos de piadas, e diversifique suas aulas, seus alunos vão curtir muito!

http://impactodapedagogiamoderna.blogspot.com.br/2012/05/piadagenero-literario-que-produz-risos.html

Por: Júlia Virginia de Moura – Pedagoga